2 de set de 2014

MÃE, VOCÊ SABE APRECIAR?



Como tem sido maravilhosa a leitura do Livro A MULHER V  com as mães nos encontros mensais do Projeto Mães em Oração. Tantas jóias descobertas na simplicidade do cotidiano de uma mulher... nesse último encontro, um dos capítulos que lemos foi 'Ela Aprecia". E aí você deve estar se perguntando: _ O que isso tem de tão importante, se preciso resolver os problemas com meus filhos? 

Poderíamos falar de cada capítulo do livro e, você, querida mãe leitora deste blog, descobriria diversas jóias raras capazes de a fazerem brilhar,  sendo reconhecida como a rainha que é. 

Hoje vamos falar sobre a virtude de apreciar,  de sua importância na vida de uma mulher V.  Somos mães porque somos mulheres, não é mesmo? 

Quantas mães não esquecem disso quando enfrentam os problemas com os filhos? Quando perdemos o equilíbrio de nossas vidas como mulheres, agimos sem sabedoria e como insensatas podemos derrubar  o lar com as próprias mãos. (Provérbios 14:1)

 Ela Aprecia

"A mulher V aprecia o que tem, e a maneira de demonstrar essa apreciação, é fazendo o melhor para o seu marido, seus filhos e sua casa. Mas o problema geralmente está dentro dela. Começa na verdade porque ela não se aprecia. Acha que não vai dar conta, de todos os seus afazeres, e então ela desiste de tentar. Isso é por que ela não acredita e faz as outras pessoas não acreditarem nela também.

Comece a apreciar a você, pois há uma vencedora aí dentro. Pare de ficar se diminuindo.

Quando começar a se apreciar, vai passar a apreciar as pessoas à sua volta também. E sabe o que acontece quando começa a apreciar outras pessoas? Elas começam a apreciar você."  
Cristiane Cardoso.

Percebe agora a importância de apreciar? 

Aprecie-se mãe como mulher,  e poderá apreciar seus filhos, seu companheiro, sua família, suas amigas... Seus olhos serão tão bons, pois terá a verdadeira Paz dentro de você. Na aparente impossibilidade enxergará apenas uma oportunidade de revelar o tamanho do seu DEUS.



2 comentários:

ANDREIA GALDE disse...

É VERDADE QUE TEM MOMENTOS CONFUSOS DE TURBULÊNCIA NA FAMÍLIA QUE NÃO LEMBRAMOS O NOSSO VALOR, E O QUE REPRESENTAMOS MAS É DE SUMA IMPORTÂNCIA NOS DA O VALOR, LEMBRAR O QUANTO SOMOS AMADOS POR DEUS E QUE TUDO PASSA E A VITÓRIA É CERTA.EU ME APRECIO.

Anônimo disse...

É verdade... nós mães normalmente queremos ser reconhecidas, apreciadas, queremos que nossos filhos reconheçam tudo que fazemos por eles, mas quando chega nossa vez, é mais fácil olhar o que ele não fez! Claro que isso é inconciente, mas precisamos exercer esta sensibilidade...É antiga história do pontinho preto no lençol branco... não conseguimos enxergar todo o lençol, mas o pontinho preto... haaa esse enxergamos bem rápido!