4 de nov de 2013

O POSITIVO E UM NOVO DESAFIO





Olá meu nome é Angélica Guedes, tenho 32 anos, sou casada há quase 10 anos  e recentemente me tornei mãe de um bebê que hoje tem 1 ano de idade. Neste espaço estarei compartilhando com vocês minhas descobertas no universo materno, desde a gestação até agora. Espero poder ajudar a você mãe, que como eu está vivendo os desafios de cuidar e educar um bebê, buscando sempre ajuda e alicerce na palavra de Deus

Bom, para nos conhecermos melhor vou contar para vocês como foi a descoberta da minha gravidez. As desconfianças começaram na volta de uma viagem, em que comecei a sentir muito enjoo quando o avião se preparava para pousar. Achei estranho...nunca tinha sentido enjoo em avião, acho a viagem tão tranquila.....Mas logo me veio a mente: “acho que comi besteiras demais”. Já em casa, os dias se passaram, e o enjoo ia e voltava, e comecei a cogitar a possibilidade de estar grávida. Percebi que também toda hora tinha vontade de urinar.... veio a dúvida e um frio imenso na barriga. Não falei nada para ninguém, nem para o meu marido. Fiz o teste de farmácia e....deu positivo...uma montanha russa se formou na minha barriga e pensei: esse exame não é muito seguro. No dia seguinte, passei muito mal e fui à emergência de um hospital, onde foi feito o exame de sangue para suspeita de gravidez e o médico plantonista, depois de algumas horas, me chamou no consultório, com uma expressão um pouco engraçada, e disse: senhora Angélica, o resultado deu positivo, parabéns você está grávida, procure um médico e inicie o pré-natal. Como assim???  Me dá uma notícias dessas com essa calma, pensei. Mas fiquei muda, sem reação! Sai do consultório com o resultado na mão, um turbilhão de coisas passou na minha cabeça, mas segundos depois ri sozinha. Parecia que a minha volta só enxergava mães com crianças e mulheres grávidas. Como será que vai ser comigo?

Talvez, amiga você esteja lendo o meu relato e passando um filme na sua cabeça do que você está vivendo, porque acabou de descobrir que será mãe, ou porque sua gravidez não foi como você queria que fosse. Mas não importa, as experiências de uma gestação são únicas, cada mulher tem a sua. A mesma mulher tem experiências totalmente diferentes de uma gestação para outra. Fato é, que muitas coisas mudam dentro de nós, a maneira de olhar o mundo, de olhar as outras pessoas, e principalmente o olhar que temos de nós  mesmas.

Eu entendi que a criança que estava sendo formada dentro de mim, precisava que eu fosse mais que uma mãe biológica, mas uma Mãe em Oração, que confiasse o futuro dele, desde o ventre, nas mãos de Deus. Diante de um mundo tão mal e destrutivo comecei a orar pedindo sabedoria e condição para criar o meu filho segundo a vontade de Deus e não da minha maneira, pois assim sabia que não daria vazão a ansiedade, medo ou insegurança. Refugie-me em Deus.

Por isso, mãe, eu a convido a se colocar à disposição de Deus e assumir o papel de mãe, desde já. Esse ser que está sendo formado dentro de você já é totalmente dependente do seu cuidado, carinho e amor. Por isso coloque sua gestação, seu filho e você própria nas mãos de Deus. 

Ore, peça ajuda a Ele. Conte a Deus o que se passa com você. Seja sincera e você terá respostas maravilhosas na sua vida. Na próxima vez, eu volto contando mais sobre a descoberta da minha gravidez! Mas aproveite o espaço abaixo e compartilhe com a gente como foi ou está sendo a sua experiência.


"Ensina a criança o caminho que deve andar e ainda quando for velho, não se desviará dele"
Provérbios 22:6




3 comentários:

Fabíola Bianco disse...

Angélica, aquele "como assim???" me trouxe muitas lembranças, né amiga? Bj grande pra vc e seu bebê lindo!

Tatiana Oliveira disse...

Quero saber mais...
Não perderei o próximo POST. Bjuuus

Carine da Silva disse...

Lindo D.Angélica..
seu relato com certeza ajudará mamães de primeira viagem..
principalmente aquelas que como a senhora não esperavam uma noticia dessa!!! Dúvidas e talvez alguns medos surgem... por isso é sempre bom quando alguém divide as experiências para dar forças e compreensão para estas mamães!
Estarei aguardando a continuação da sua "grande aventura" de ser uma mamãe :)
Beijinhos na senhora e no meu "Godinho" lindo Vinicius :)

Carine Silva-Porto Alegre-RS