15 de fev de 2013

O PODER DAS PALAVRAS


 
Ser mãe, além de ser um grande privilegio, implica também uma grande responsabilidade. Portanto, devemos estar atentas com as palavras e comentários que temos pronunciado para os nossos filhos, pois isso pode refletir no futuro deles. Temos que ter o cuidado para não os expor diante das pessoas.
Já presenciei muitas vezes mães que não satisfeitas com o comportamento deles, conversando com outras pessoas, começavam a expor os defeitos e falhas dos filhos dizendo, por exemplo:
“Ele não gosta de estudar, de trabalhar, só sabe dormir, ver televisão etc...”
Não tiro o direito dos pais de repreendê-los quando seja necessário, mas sim, orienta-los a não fazer isso diante das pessoas, no sentido de expor, (como diz o ditado: “roupa suja se lava em casa”) fazendo gerar neles traumas, baixo autoestima, complexos, ressentimentos e até mesmo falta de comunicação entre vocês.
Temos que ter o máximo de cuidado com nossas palavras, pois como mães temos autoridade sobre nossos filhos tanto para abençoar como para amaldiçoar. Analise que tipo de palavras tem dado a seus filhos.
Vamos falar palavras positivas, de ânimo, de força e de fé. Agindo assim você estará determinando para o seu filho um futuro abençoado. 
Minha querida, você pode estar vivendo muitos problemas com seus filhos, problemas referentes a vícios, rebeldia, más amizades, de caráter, mas, se você aprende a usar positivamente o poder da palavra abençoando-os, pela sua fé, verá os frutos que mudará completamente o rumo de suas vidas.
“A morte e a vida estão no poder da língua”... Provérbios 18:21
Sempre na fé.
Carlla Lucas – Villa Coapa - Mexico


Nenhum comentário: